sábado, 26 de abril de 2014

DFB 2014 | 25/04

Desfiles lindos, momentos de muito amor pelas peças, o que falar do desfile da Dona Florinda que se remodelou e agora é Florinda, das peças estruturadas de Ivan, do meu amor pelos vestidos lindos do Ivanildo Nunes, pela modernidade de Rebeca Sampaio e tantos mais adjetivos.

Juro que tentei faz fotos lindas, mas ontem também foi o dia da educação, teve 3 pessoas sentadas próximo a mim que atrapalharam, um ficou colocando o celular quase na passarela então quando a modelo vinha o celular ficava no meio e tive que rebolar para tirar as foto, outro passou o desfile todo mexendo no cabelo, então aja dedo e o terceiro foi justo na Florinda o cara literalmente ficou na minha frente com a câmera e o corpo. ps: Me irritei pacas com a educação zero, pois aquilo atrapalha até o pit de fotógrafos.


Abrindo a noite Jonathan Scarpari veio com tons de preto, branco e vermelho, roupas masculinas, hora tradicionais no corte mas inovando no tecido. Catarinense influenciado pelas fórmulas e equações, ele que já cursou química e agronomia usa fortemente as tramas manuais, além das misturas de texturas, o desfile teve uso de couro.


Rebeca Sampaio recém formada em Londres volta ao Ceará mostrando tudo que aprendeu, com recortes e misturas de padrões, deixou muita menina babando na sala de desfile com seus vestidos e saias. Cores como rosa, preto, branco, vermelho, amarelo!



Nico Didonna estilista novo no line up, italiano, abusou de decotes e cores fortes, brilho também foi visto, fendas e drapeados. Com um estilo um pouco minimalista, com peças tradicionais com um toque de moderno.
  
Ivan Aguiar trouce peças com cintura bem marcada, entre fluídas em camisas e chemises e estruturadas nos casaco e vestidos e saias. Golas e mangas feitas em materiais nobres, roupas feitas para uma mulher cosmopolita que não abre mão de luxo.



Ivanildo Nunes todas as edições faz nos apaixonarmos mais e mais pelos seus trabalhos com renascença e tule, peças ainda mais lindas, entre todos você não consegue acha o mais lindo, aquele que você compraria, pois desejamos ter todos de tamanha beleza e detalhes.


Lizzi e a seu desfile com o tema A cidade perversa. Mesclando elementos da cena rock do séc.XX a personagem trágica de Maria Antoinette, originalizando uma silhueta minimalista que privilegia os vestidos, os vidrilhos bordados são responsabilidade do Bumba-meu-boi da Floresta de São Luis-MA, possibilitando construções novas a partir da preservação das tradições.


Florinda, eu como muitos que não sabiam se perguntaram, se era uma marca nova ou se era a Dona Florinda, a marca como no próprio release diz amadureceu e viu que não precisava mais do Dona, "ser florinda é ser forte e cheia de sonhos sem precisar de um pronome de tratamento. Ela não precisa ser chamada de dona para ser entendida como mulher. Ela é dona de si, dona das cores, dona do estilo, dona do seu tempo, de sua identidade"

Peças que mais gostei, todas estavam LINDAS, eu e camila nem conseguimos tirar fotos, porque não conseguimos tirar os olhos das roupa para olhar para câmera.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Adoro saber suas opiniões. Elas são super importantes para o andamento do blog!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...