segunda-feira, 22 de abril de 2013

DFB 2013:Impressões do 2°dia

O segundo dia foi um alvoroço só, pois teve o desfile de Alix Pinho, que mesmo tento comentários de quem não gostou, eu adorei, muitas peças belíssimas e com modelagem legal.

No desfile de Alix pinho foi visto muita bandagen se transformando em short de cintura alta, saias, vestidos, croppeds, ela usou couro, spikes, fazendo com que cada peça fosse um diferencial, ela que vem cheia de ousadia e já tem sua própria marca e uma cartela de clientes fieis que fizeram presença, lotando a Sala 1 do evento. Ela que entrou cantando a balada The Wolf do David Guetta que dava nome a sua coleção, fez com que todos se surpreende-sem, por mais que muitos ficassem falando baixo, alguns não gostaram da sua atitude, eu acho que ela deu a cara a tapa, ela que é diferente, alternativa e tem uma pegada bem londrina (onde Alix passou uma temporada).



Lindenbergue como sempre foi um desfile muito esperado, por sua ousadia, libertação em suas coleções sempre é mostrado inspirações em atualidades que estão acontecendo e esse ano não poderia ser diferente, sua peças que mostravam a melancolia de um amor perdido com estampas de caveiras, que ora apareciam feitas de acrílico, peças de metal que formavam colares e pulseiras, vestidos com recortes, florais e estampas de portões, tudo feito em parceria com a Haco e Vicunha. Espelhos também apareceram nas peças, só que em pedaços, em sua trilha ouviu-se Daniela Mercury ao brega choroso.



Quando a última modelo saiu da passarela, entra uma última modelo vestida de burca, mostrando sua impenetrabilidade, da sua pureza branca. 


Lindenbergue leva em sua camisa a frase para seu repúdio e a de todos os estilista sobre o que está acontecendo na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, em Brasília até agora.


fotos: ODM


Um comentário :

Adoro saber suas opiniões. Elas são super importantes para o andamento do blog!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...